segunda-feira, 2 de novembro de 2009

MONA LIZA(BEL)



Um dia,
quase tudo irá ficar
nas dobras do tempo.
Pensamentos visitantes da noite
despedem-se no amanhecer...
Reticências sem incógnitas
coroando o ponto final.
Vida que segue
sem respostas
às interrogações.
Na face,
um vago sorriso
procurando por exclamações...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 26/10/2009
Código do texto: T1887783


SÓ NÓS...




O amanhã,
que hoje me destes de presente
tem tantos papéis embrulhados,
feitos por laços que não se soltam
nos nós que a vida deu...
Mas eu sei que conseguirei
acalmar a ansiedade
e esperar por você
nos sonhos.
Sem tempo.
Sem laços;
Só nós...


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 25/10/2009
Código do texto: T1886959


MEU OUTUBRO


Muda-se o ciclo.
Acrescenta-se, subtraindo...
Quanto mais tenho pressa
menos consigo correr.
Na travessia da vida
sou emoção
em risos e lágrimas
que seguem
o rio de amor.
O relógio biológico enlouquece
quando mergulho
em meu outubro
nadando borboletas
num céu particular...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 07/10/2009
Código do texto: T1854034


NOS BRAÇOS DO AMOR...



Nas dobras do tempo
passado e presente reunidos,
me mostram uma nova direção:
Caminhar com os pés no ar
ou voar com os pés no chão?
Na dúvida,
fico parada na sua,
pois em qualquer direção
estarei nos braços do amor.



Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 04/10/2009
Código do texto: T1847939


SAUDADES




No olhar perdido
da recordação
colhi um verso molhado
de saudades,
e fiz poesia
da solidão do pensamento
enquanto ouvia os sons
do silêncio d’alma
que deixou as asas
no chão
e os sonhos
pousados em suas mãos...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 26/09/2009
Código do texto: T1832661


SEMPRE PRIMAVERA...


A primeira vista
flores não verás,
mas intrigado ficarás
ao exalar o perfume...
Sou flores ocultas
em versos
inversos de mim mesma,
que florescem
em sorrisos e emoções
e recebem com fleuma
a chuva que o céu envia
através dos olhos.
Sou sempre primavera...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 20/09/2009
Código do texto: T1821912


SIMPLESMENTE AMOR...



Eu não esqueço
que tenho asas implantadas
por mãos benditas.
Olhos carinhosos cuidando
dos vôos que ensaio
nas palavras quando tento
semear amor aos corações.
E o mais distante que vou
é ali nas nuvens
relendo um livro chamado:
- Simplesmente Amor...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 07/09/2009
Código do texto: T1796994

http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasdeamor/1796994

VOCÊ É MEU DESTINO




A imaginação é fértil
e rica em detalhes,
mas não convencem meus olhos
a deixarem de ser
rios de saudades,
onde navegam
lembranças do ontem
em sintonia com o amanhã
num barco à deriva
até encontrar
o farol de seus braços
no porto do seu coração...


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 30/08/2009
Código do texto: T1783060


MEU CARINHO...



Enquanto seguia tradições
deixei edificar-me
na concretude da vida
e como aluna obediente
aprendi toda a lição;
mas se hoje eu fosse ensinar
seriam loucos todos
os meus castelos
em cima de sonhos abstratos
tão fortes quanto o vento
e suave como a brisa
do meu carinho
que nunca irá te deixar...



Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 23/08/2009
Código do texto: T1769646


MULHER APAIXONADA!


Não sei de quantas vidas
eu fui feita e
nem quantos rios
navegam em meu olhar...
Se sou anjo ou demônio,
quem foi que me rotulou?
Sei apenas o que sinto,
e esta saudade
dilacera o meu peito.
Fujo das regras
e digo não à dor...
Já é tempo de amar,
estou chegando,
meu amor...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 22/08/2009
Código do texto: T1768143


NOSSO TEMPO...




Enquanto conjugávamos
os verbos da vida
em um espaço
e tempos diferentes,
havia tanto vazio
em nossos corações
que nem os anos
conseguiram preencher;
e agora neste espaço
tão azul de nosso céu
e no nosso tempo
de se apaixonar
existe tanto amor
que nem sei o quanto...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 19/08/2009
Código do texto: T1762453


SONHANDO



Nem sempre amanheço...
Se o corpo desperta
ainda me espera
despir dos sonhos,
dobrando as saudades
e guardando nas gavetas
promessas e premissas
do ontem...
Então cumprimento
a outra no espelho
que não disfarça
sua admiração
e me joga
um beijo de incentivo...
Agora sim,
abraço o dia
e ganho as horas...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 16/08/2009
Código do texto: T1757554


NOSSO AMOR



Os sonhos
emolduram o quadro
da minha vida,
pintado com
as cores enigmáticas
do teu sorriso;
num céu,
onde azul
é o nosso amor,
refletido no rio d’alma
cujas margens do sentir
estaremos sempre
alcançando...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 08/08/2009
Código do texto: T1743679


EM TEUS BRAÇOS



No suporte das aspas
armo a rede
que me acolhe
por momentos preciosos.
Sou coração pedinte
fugindo do frio,
querendo o calor
dos braços seus...


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 05/08/2009
Código do texto: T1738710


RIO DE AMOR...



Meu amor
é como um rio de águas calmas
que quando encontra barreiras
vai se acumulando
derramando carinho pelas nascentes
e ganhando forças para explodir
jogando fora o que não pertence
ao seu curso natural
e abraçando a paz de sempre...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 03/08/2009
Código do texto: T1735126


O AMOR, SEMPRE...



A esteira da vida,
ligada pelo criador
te coloca no exercício
de ser gente,
desde o seu nascimento.
O que seus pais instruíram-te
segue sem medo e
vista-se deste amor incondicional.
Controle os sentimentos ruins
mas não se importe de doar paz e perdão.
Trabalhe os músculos faciais sorrindo
e sempre que possível
fale mais com seus olhos...
Nas etapas em que te faltar coragem,
lembre-se que lá no alto
fica o depósito de suplementos
que te ajudarão,
basta você ajoelhar-se, em oração...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 26/07/2009
Código do texto: T1720230


VOCÊ ME CONQUISTA TODO DIA...



Minha melhor viagem
é o percurso entre o momento
que os olhos “colhem” as palavras
e alimentam meu ser;
por isso plante teus sentimentos
pelo caminho,
em alguma parada
vou te fazer meu banquete
e saciada de poesia
irei me apaixonar por você,
mais uma vez...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 23/07/2009
Código do texto: T1715539


AMIGO...


Amigo,
Não me reserve apenas um dia...
Sabe aquela lágrima escondida
lá no cantinho do olho?
Quando viu teu sorriso,
evaporou-se...
Amigo,
Sabe aquela angústia
que aperta o peito?
Quando falo contigo
o coração fica leve...
Amigo,
É por você que estendo a mão
e de ti que espero um olhar amigo.
Amigo,
Chega como o sol
espantando sombras e tristezas
e faz todo dia ser
um motivo a mais
para comemorar nossa amizade...


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 21/07/2009
Código do texto: T1712248


SUA AUSÊNCIA...



Além das palavras,
ninguém entende
mais de solidão
que meus braços,
quando te procuram
em nossa cama
e na sua ausência,
assustados,
me acordam
com perguntas que
eu não sei responder...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 03/07/2009
Código do texto: T1680361


EM TEUS OLHOS...




Em teus olhos encontrei
a cor de dias com sol
e feito flor girei
para te receber por inteira;
Se a noite traz
as sombras das saudades,
na brisa suave você chega
empurrando-as para o vento.
Então faço nosso
todos os canteiros
cultivando a semente do amor
que espera seu calor
para ser campo de girassóis
debaixo de nossos lençóis...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 26/06/2009
Código do texto: T1669294

video

RAZÕES DO AMOR...



A razão está para o coração
na proporção astuta de 2/1
mas o coração ½ (meio) apaixonado
não é mais o mesmo e
na aceleração contínua
inverte a razão e
quando tentarmos dividir
seremos sempre 2(dois)
em um só coração.

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 20/06/2009
Código do texto: T1658217


SAUDADES...



O tempo
me cobra
tão caro
as ausências
a que me permiti,
que hoje
só quero
ser presente
em um passado
que não conheci...

Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 19/06/2009
Código do texto: T1656590


SINFONIA DO AMOR...


Minhas palavras são como balões
que esperam para ser inflados
com os fluidos leves da inspiração e
assim, soltarem-se na imensidão...
Fico feliz quando em meu caminho
encontro estes balões
adornando corações em festa e
no cantinho, minha autoria...
Se minhas palavras conseguirem tocar
a melodia que ensaio e que
codificada chegará até você
na emoção única de um abraço,
então eu terei concluído
a sinfonia do amor,
e para escutá-la
basta fechar os olhos e sentir...


Izabel Dias

Publicado no Recanto das Letras em 18/06/2009
Código do texto: T1654881



UM SONHO DE NAMORADO...



Muito mais que apenas incluir
a palavra amor entre outras letras
pra lhe chamar de namorado,
és meu sonho encantado...
Meu melhor presente
inserido no contexto
das páginas da vida,
que hoje reescrevo contigo
preenchendo as lacunas;
espaços que só o amor
consegue transpor.
E assim, matizamos os dias
com a paz misturada
ao amor verdadeiro,
fazendo a realidade ser
um sonho onde você
é e sempre será
meu eterno namorado...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 11/06/2009
Código do texto: T1643173




AMOR ALÉM DA VIDA...






Da janela de sua alma
onde contemplava meu reflexo
eu vi o amor acordar,
e compreendi finalmente
o sentido de sermos dois em um...
Já não é preciso palavras;
a linguagem dos sentidos
fala por nós
e o amor se faz presente
a todo momento,
seja ao teu lado,
nos sonhos ou
na certeza de ser
amor além da vida...

Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 10/06/2009
Código do texto: T1641515

VOCÊ, MEU UNIVERSO...



Como dói ter que descer do teu céu
trazendo somente o brilho destes olhos
que iluminaram meus dias e
me fizeram a estrela maior
deste universo que é você.
Como uma estrela cadente,
eis me aqui à terra,
limpando o barro
que minhas lágrimas criaram,
e guardando n’alma
as lindas recordações,
reserva essencial
para enganar as saudades,
renovando as forças vitais
para mais uma vez,
em teu céu,
brilhar...



Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 07/06/2009
Código do texto: T1636524