sábado, 21 de junho de 2008

AMORES (DI) VERSOS




Quando me olhas
tenho chaves e segredos
impossíveis de desvendar;
Timidez no olhar...

Quando me lês
abro portas e meus medos
sem ter chaves nem segredos;
Doce mistério de me entregar...


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 19/06/2008
Código do texto: T1041455

Um comentário:

Dona disse...

Linda sua inspiração...
Amei demais "AMORES (DI) VERSOS"
Pois me faz lembrar meus pequenos "Versos (DI) Amores "
sou sua fã... etermente... (encantada)

ótimo fds poeta !