sábado, 3 de março de 2012

CARTA DE AMOR





Esta carta foi rascunhada no papel intocável da saudade.
Digitada na emoção das nossas lembranças e
na dualidade dos corações separados pela distância
mas tocados em pensamentos.
No jardim de minh’alma as flores que resistiram às estações
foram plantadas por você; passeando por ele ainda vejo
a beleza da semente rompendo barreiras e se renovando
na vontade de ser um amor mais que perfeito.
Mesmo quando o tempo envelhecer a memória ,
em lapsos de juventude ela lhe afagará nas recordações saudosas
de um amor belo e eterno.


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 03/03/2012
Código do texto:T3533620

Um comentário:

ulisses sebrian disse...

Olá! Tudo Bem! Meu nome é Ulisses e visitei o seu Blog.
Gostei e estou seguindo. Adicionei ao meu se não se importa.
Também tenho 4 blogs e gostaria que você o visitasse.
E se possível entrar como seguidor. Obrigado
Os meus blogs são:
http://truquedevida.blogspot.com.br/
http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
http://concientein.blogspot.com.br/