sábado, 26 de julho de 2008

SAUDADES





Sinto saudades daquele tempo
em que nada era urgente,
exceto ser feliz.
O espelho apontava as espinhas na face
e as mudanças no corpo eram desejadas.
Hoje o tempo criou asas
e voa de encontro ao recomeço,
fazendo com que tudo seja urgente
no pouco tempo de ser feliz.
As mudanças físicas já não importam.
O espelho não tem mais poder,
porque sou feita de caminhos de saudades
que me levam ao encontro de mim mesma.


Izabel Dias
Publicado no Recanto das Letras em 10/07/2008
Código do texto: T1074190

Um comentário:

short term loan disse...

Oh my.. this is the best blog.


short term loan